Veja os candidatos que estão na disputa pela prefeitura de Belém

Redação Por: Redação

Política Novidades

Publicado em 17/09/2020 12:07h

Veja os candidatos que estão na disputa pela prefeitura de Belém

Em convenções municipais, partidos oficializaram 10 nomes

 A disputa pela Prefeitura de Belém será acirrada neste ano com 10 candidaturas confirmadas pelos partidos políticos, durante as convenções municipais, que encerraram na quarta (16), seguindo o calendário estabelecido pela Justiça Eleitoral. Seis partidos – Psol/PT, PSB, PSD, MDB, PP e Cidadania – deixaram a oficialização dos nomes para o último dia. Os outros cinco já haviam homologados suas indicações anteriormente.

Veja os candidatos oficializados:

Mário Couto (PRTB)

Vice: não definido

 (Divulgação)

Mário Couto tem 74 anos, é paraense de Salvaterra (Marajó) e formado em Administração pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Já foi deputado estadual quatro vezes, eleito nos anos de 1990, 1994, 1998 e em 2002, e chegou a presidir a Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). Depois, foi senador, eleito em 2006, encerrando seu último mandato no início de 2015.

Delegado Everaldo Eguchi (Patriota)

Vice: não definido

(Divulgação)

Everaldo Ehuchi é paraense de Tomé Açu, tem 57 anos e é delegado da Polícia Federal. Tem formação em Direito e Economia. Em 2018, disputou o primeiro cargo público, como candidato a deputado federal, mas não conseguiu se eleger.

Vavá Martins (Republicanos)

Vice: Sargento Carlos Gonçalves

Vavá Martins tem 38 anos e é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. É natural de Pelotas, Rio Grande do Sul, e está no seu primeiro mandato como deputado federal pelo estado do Pará. Vavá disputará a Prefeitura de Belém pela primeira vez. Ele iniciou a carreira como pastor e já foi radialista e apresentador de TV do seu grupo religioso. Martins é formado em gestão pública pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), pós-graduando em gestão ambiental.

(Divulgação/Republicanos)

Sargento Carlos Gonçalves é policial militar e está há 25 na PM-PA, atuando desde a fundação da Rotam, divisão da qual faz parte.

Cleber Rabelo (PSTU)

Vice: Seu Alex

Cleber Rabelo tem 47 anos, é maranhense da cidade de Bacuri, mas mora no Pará há quase 20 anos, entre Barcarena e Belém. O atual dirigente estadual do partido já concorreu ao governo do Estado em 2010 e disputará a Prefeitura de Belém pela terceira vez. Ele é operário da construção civil, está no PSTU há 15 anos e foi vereador em Belém de 2013 a 2016.

(Divulgação)

O vice de Rabelo, Seu Alex, também é operário da construção civil e ativista do movimento LGBT.

Guilherme Lessa (PTC)

Vice: Major Diamantina

Guilherme Lessa é presidente estadual do partido no Pará e pela primeira vez vai disputar a prefeitura da capital do Pará. Natural de Rio Branco, no Acre, o candidato do PTC é pastor evangélico, locutor, escritor, cantor gospel e assessor parlamentar. Em 2018, foi candidato a deputado federal, mas não se elegeu.

(Reprodução)

O vice de Lessa é o major Diamantina Nascimento, da Polícia Militar do Pará.

José Priante (MDB)

Vice: pastora Patrícia Queiroz (PSC)

Paraense nascido em Belém, José Priante tem 56 anos e cumpre seu sexto mandato na Câmara dos Deputados, em Brasília. Aos 25 anos, foi eleito vereador na capital paraense e depois foi deputado estadual. Em 2006, foi candidato ao Governo do Pará, pelo então PMDB. Essa é a terceira vez que o deputado tenta chegar ao Palácio Antônio Lemos. Na primeira tentativa, em 2008, foi ao segundo turno, mas perdeu para Duciomar Costa. Em 2012, ficou em quarto lugar na preferência do eleitorado.

Priante ao lado do governador, Helder BarbalhoPriante ao lado do governador, Helder Barbalho (Cristino Martins / O Liberal)

A vice de Priante na chapa é a cantora gospel Patrícia Queiroz, pastora da Igreja do Evangelho Quadrangular.

Edmilson Rodrigues (Psol/PT) 

Vice: Edilson Moura (PT)

Ex-prefeito de Belém por dois mandatos (1997-2000 e 2001-2004), Edmilson Rodrigues disputou a Prefeitura nas eleições de 2016 e chegou ao segundo turno, quando obteve mais de 360 mil votos. Porém, foi derrotado pelo atual prefeito, Zenaldo Coutinho (PSDB). Edmilson é professor, arquiteto e escritor. A carreira política dele também traz três mandatos de deputado estadual e dois de deputado federal.

Edmilson RodriguesEdmilson Rodrigues (Thiago Gomes / O Liberal)

Já Edilson Moura é mestre em administração, especialista em gestão estratégica, graduado em educação artística e em ciências sociais. Foi vereador e deputado estadual pelo PT. Ele é historiador e chegou a assumir a Secretaria de Cultura do Pará, no governo de Ana Júlia Carepa. Também foi presidente da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves.

Gustavo Sefer (PSD)

Vice: não definido

Gustavo SeferGustavo Sefer (Elivaldo Pamplona / O Liberal)

Nascido em Belém, Gustavo Sefer já foi vereador da capital paraense e é atualmente deputado estadual na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa). O candidato disputará a Prefeitura de Belém pela primeira vez.

Cássio Andrade (PSB)

Vice: pastor Max Lima

Natural de Salvador (BA), Cássio Andrade tem 37 anos e está no quinto mandato político. É advogado, empresário e já foi vereador de Belém, deputado estadual no Pará e é presidente do diretório estadual do PSB.

Cássio AndradeCássio Andrade (Cristino Martins / O Liberal)

O vice na chapa encabeçada por Cássio Andrade é o pastor Max Lima, da Assembleia de Deus.

Thiago Araújo (Cidadania)

Vice: Marinalva Muniz (PSDB)

Thiago Araújo tem 27 anos, é o mais jovem deputado estadual do Pará e está em seu segundo mandato. O parlamentar tem o ensino médio completo e sua principal pauta na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) é o projeto de diminuição de parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para as empresas. A intenção é que possam, ao invés de recolher o imposto, aplicar o montante na qualificação profissional dos seus colaboradores. 

Thiago AraújoThiago Araújo (Ascom Alepa)

A candidata a vice-prefeita foi coordenadora do programa Ama Belém, integrante do Núcleo de Apoio às Comunidades da Prefeitura de Belém e tem um trabalho junto às comunidades na capital. Ela seria candidata a vereadora pelo PSDB, mas foi escolhida como candidata a vice-prefeita.

Por: Redação Integrada - O Liberal

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Pará - Portal de Notícias