Ministério da Justiça e ONU recomendam criação de grupo de assistência a imigrantes venezuelanos em Santarém

Redação Por: Redação

Foco Novidades

Publicado em 02/10/2019 15:23h

Ministério da Justiça e ONU recomendam criação de grupo de assistência a imigrantes venezuelanos em Santarém

Crédito: Reprodução / Agência Belém

 

A criação de um grupo de trabalho para o acompanhamento dos refugiados venezuelanos em Santarém, oeste do Pará, está em andamento. O pedido foi feito pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR).

A equipe terá o objetivo de atender necessidades de mais de 220 venezuelanos que estão na região. O grupo atendido possui integrantes crianças, jovens, homens, mulheres adultos e idosos.

O Ministério Público do Pará, Polícia Federal, Polícia Militar, Defensoria Pública da União, Secretaria-Geral de Governo do Pará em Santarém, Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), Fundação Nacional do Índio (Funai), Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtras), Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) estão participando da criação do grupo.

A Ufopa participará através da Pró-Reitoria da Cultura, Comunidade e Extensão (Procce). Entre as ações está o envolvimento de projetos de extensão universitária com atividades que possam atender a parte das necessidades dos refugiados venezuelanos.

Fonte: Portal Santarém

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Pará - Portal de Notícias