Ex-executivo da Odebrecht que delatou Aécio na Lava Jato é encontrado morto.

Redação Por: Redação

Política Novidades

Publicado em 18/09/2019 14:54h

Ex-executivo da Odebrecht que delatou Aécio na Lava Jato é encontrado morto.

Foto : Reprodução/TV Globo

 

Henrique Valladares revelou esquemas de propina a Aécio e Edison Lobão.

Henrique Valladares, ex-vice-presidente da Odebrecht, e um dos principais delatores da operação Lava Jato foi encontrado morto, nesta quarta-feira (17), no seu apartamento no bairro do Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro. De acordo com informações da Polícia Civil, o corpo já passou pelo IML (Instituto Médico Legal) e a causa da morte foi indeterminada.

Sobre as delações, Valladares informou à Justiça ter feito depósitos que totalizaram R$ 50 mil em contas no exterior, ligadas à Aécio Neves. O executivo também acusou o ex-ministro de Dilma Rousseff, Edison Lobão, de cobrar propina em contratos na área de energia da Odebrecht. Em 2017, o delator também informou que a empresa ofereceu R$ 20 milhões para ex-diretores de Furnas para comprarem apoio de congressistas e, com isso, assegurar a permanência nos cargos. 

 

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Pará - Portal de Notícias