Caso Cabral: Após interrogatório, suspeito é inocentado e libertado

Redação Por: Redação

Polícia Novidades

Publicado em 11/07/2019 11:41h

Caso Cabral: Após interrogatório, suspeito é inocentado e libertado

Foto: delegado Antônio Mororó Júnior

 

Caso da morte do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Rio Maria segue com novos desdobramentos.

Elizeu dos Santos Pereira, preso na última quinta-feira (4), suspeito de participação na morte de Carlos Cabral Pereira, está livre. Após interrogado, ele ganhou liberdade no domingo (7).

O delegado Antônio Mororó Júniorda Deca, que trabalha no Caso Cabral, descartou a participação de Elizeu no crime, e garante não ter dito em entrevista que Elizeu teria sido o matador do sindicalista.

Mororó afirma ter indiciado Elizeu, a partir de suspeita levantada porque ele fez ligações telefônicas para a viúva e para outra pessoa investigada no inquérito.

Após minucioso interrogatório, o delegado concluiu que o rapaz não teve participação alguma no assassinato de Carlos Cabral.

O delegado conta que Elizeu apresentou vários álibis e explicou o motivo das ligações. Baseado nesses dois fatos, Mororó pediu a revogação da prisão temporária do rapaz.  Ou seja, ele não tem relação alguma com o Caso Cabral.

Rapaz foi inocentado após preso no Caso Cabral

Foto: Elizeu dos Santos Pereira

 

Caso Cabral: Polícia Civil prende mais três suspeitos de envolvimento na execução do líder rural 

 

Fonte: Blog do João Carlos

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Pará - Portal de Notícias